Como aproveitar a Black Friday e realizar a captura de dados de usuários em um site com segurança.

A Black Friday é um dos mais importantes eventos do ano para o e-commerce. Durante os dias de Black Friday, existe um fluxo muito grande de consumidores em busca de ofertas e promoções, principalmente no e-commerce, quando o aumento de navegação em seu site pode aumentar de forma considerável. O faturamento geral do país na última edição, em 2019, foi de R$ 3,2 bi (Ebit/Nielsen 2019). O crescimento deste número impressiona e aponta que este evento do comércio já é esperado no ano pelos consumidores.

Além de uma grande oportunidade para planejar a vendas do seu e-commerce, você já parou para pensar que também é um momento para capturar os dados dos usuários online e poder analisar o perfil e comportamento de compra do seu consumidor? A grande quantidade de dados gerados neste momento da campanha de Black Friday pode ser uma oportunidade muito interessante para elaborar novas estratégias de negócio e marketing

Nesse post, preparamos para você algumas dicas sobre como realizar essa captura de dados do usuário de forma segura e de acordo com as normas vigentes.

A captura de dados de usuários feita através de um site sempre gera polêmicas, pois isto sempre gera dúvida para os usuários se os seus dados estão sendo roubados, já as empresas tentam explicar que a intenção é tornar a navegação online mais rápida, segura e eficiente.

Para demonstrar transparência e gerar confiança do usuário em relação à captura de dados feita pelo seu site, é importante disponibilizar no começo da navegação um pop-up com a política de privacidade e termos de serviço descritos de forma clara, assim o usuário pode entender que você não irá roubar os seus dados, os cookies irão acompanhar a sua navegação e preferências, para tornar a navegação mais rápida, do jeito que essa pessoa gosta!

O grande responsável por possibilitar essa captura de dados dos usuários através do site é o cookie de navegação. Um pequeno arquivo de texto sem limites de tamanho que realiza o armazenamento dos dados e preferências selecionadas pelos usuários em um site ou e-commerce. Em um primeiro momento, a sua principal funcionalidade era armazenar dados de login e senha dos usuários, facilitando e muito a navegação e retorno de um usuário ao seu site.  

Como a grande função do cookie é servir de lembrete para os servidores sobre as preferências de uso durante a navegação, fique atento aos parâmetros de segurança em cada integração feita e também na linguagem usada para cada plataforma em contato com o seu servidor. 

Quais os outros benefícios de realizar a captura de dados do usuário

A captura de dados do usuário traz benefícios de navegação ao próprio usuário, como comentamos acima, mas também pode gerar informações ricas para o seu time de marketing, além da possibilidade de melhorar as conversões. Isso é possível a partir da transformação destes dados em valor. E de que forma nós conseguimos fazer isto?

Vamos então falar sobre de que forma é possível realizar a captura de dados no seu site ou e-commerce com o nosso expertise. Aqui na ClaraVista, esse processo é feito a partir da implementação de uma tag personalizada, desenvolvida por nós. Essa tag possui uma integração simplificada para realizar a captura de dados, clusterização e nutrição de leads.  

A partir da implementação desta tag é possível realizar:

  • Captura da navegação online dos usuários.
  • Cruzamento de informações offline.
  • Recuperação de carrinho abandonado. 
  • Dashboard com comportamento de usuários identificados. 
  • Propriedade dos dados seguindo a LGPD.
  • Integração com as principais plataformas, como Oracle Responsys e Salesforce

Mais simplicidade de implementação e mais facilidade para o seu time

A simplicidade da implementação da tag da ClaraVista no seu site ou e-commerce, aliado a um dashboard user friendly para visualização e navegação das informações facilita o trabalho do seu time de marketing e também de TI. Com ClaraVista é possível acompanhar todo o comportamento do usuário durante o trajeto de navegação, 

No dashboard é possível ainda visualizar em real time diversas informações, como:

  • Visualização do comportamento de usuários identificados por audiências, seja clusterização de frequência ou recência, clientes que efetuaram e até abandonaram transações, gerando audiências segmentadas para Marketing Automation
  • Fácil navegação e visualização das informações em tempo real. 
  • Visualização de navegação por categorias e subcategorias do seu e-commerce
  • Visualização por acesso ao produto e permanência média do usuário na loja
  • E muito mais!

A Black Friday está quase chegando e o quanto antes você estiver preparado, melhor irá aproveitar o momento da campanha para potencializar o seu negócio e gerar mais conversões online, além de aumentar o Life Time Value da sua base de clientes.

Gostou das dicas? Leia também o nosso post sobre a nova LGPD aqui!

Mais retenção, conversão e engajamento para o seu site ou e-commerce. Conte com a ClaraVista! Entre em contato com o nosso time e prepare-se para a Black Friday!

Passo a passo para um bom planejamento de Black Friday para seu e-commerce

A Black Friday já é reconhecida como um dos mais importantes eventos do ano para o comércio. Durante os dias de Black Friday, existe um fluxo muito grande de consumidores em busca de ofertas e promoções, principalmente no e-commerce, quando é comum o aumento de navegação em seu site. Este ano, com o aumento de pessoas online devido ao isolamento social, a expectativa é de que mais pessoas aproveitem a data para realizar as suas compras.  O faturamento geral do país na última edição, em 2019, foi de R$ 3,2 bi (Ebit/Nielsen 2019). O crescimento deste número impressiona e aponta que este evento do comércio já é esperado no ano pelos consumidores.

Planejar-se com antecedência é fundamental para aproveitar ao máximo esse período de vendas, principalmente online. Nesse post, preparamos para você um passo a passo para ter o melhor planejamento para o seu e-commerce e aproveitar ao máximo essa importante data no comércio online.

A Black Friday está quase chegando e o quanto antes você estiver preparado, melhor irá aproveitar o momento da campanha para potencializar o seu negócio e gerar mais conversões online, além de aumentar o Life Time Value da sua base de clientes.

Observe o comportamento do consumidor e as tendências

Este ano, mais do que nunca, houve uma grande migração para as compras online devido ao distanciamento social. Muitas pessoas que ainda não haviam criado o costume de comprar online passaram a ter este novo hábito e a expectativa é que realmente haja um volume maior de consumidores que vão buscar ofertas nos canais digitais para realizar as suas compras. Assim, existem diversas estruturas durante o trajeto de compra que podem impulsionar as vendas.

Ofereça uma excelente estrutura

Esteja atento que o volume de acessos ao seu site deve aumentar de forma considerável. Certifique-se de que a estrutura que o seu e-commerce está hospedado atende e responde muito bem à esta demanda. Além disso, obtenha os certificados de segurança, como o SSL, para que o consumidor se sinta seguro em realizar as compras em seu site ou e-commerce.

A melhor experiência é a que oferece a melhor interação com a sua marca

Você já deve ter escutado falar no termo “UX”, que significa “Experiência do usuário”. UX é o conjunto de elementos e fatores relativos à interação do usuário com um determinado produto, sistema ou serviço e cujo resultado gera uma percepção positiva ou negativa em relação à sua marca, produto ou empresa. Este termo foi utilizado pela primeira vez por Donald Norman na década de 1990.

Entenda a diferença entre UX e CX

Não menos importante, mas contido dentro da estratégia de UX, está o CX, ou Customer Experience. Além de navegar no seu e-commerce e interagir com as informações e produtos durante a sua jornada de compra, o consumidor em algum momento irá entrar em contato. Uma experiência bem estruturada que atenda o cliente de forma impecável traz muitas vantagens em relação à concorrência e com certeza estará na lista de fatores positivos que irão influenciar o consumidor a realizar a primeira compra, voltar a comprar e até indicar a sua marca e produtos para outras pessoas.

O atendimento deve ser impecável

Quando falamos sobre atendimento online, sabemos que a expectativa do cliente é que a empresa ou marca ofereça uma experiência impecável, precisa e resolva qualquer problema de forma rápida. Vamos falar então e Customer Service. O consumidor quer saber que a empresa conhece suas necessidades e a melhor forma de resolvê-las. O atendimento deve ser omnichannel, o que significa que todos os canais de atendimento da empresa devem estar integrados e alinhados em relação a todas as informações sobre aquele usuário. Seja por chat, email, telefone ou WhatsApp. E nós sabemos que é muito comum que o seu cliente entra em contato com a sua empresa em dois ou mais canais, inclusive.

Transforme os dados dos usuários em valor

Após estruturar o seu site para suportar o volume de acessos, estar atento às tendências de consumo, oferecer uma estrutura impecável de navegação e atendimento ao consumidor, você já pensou em potencializar a sua estratégia de marketing online? Existem algumas formas de aproveitar o aumento de usuários online. Uma delas é trabalhar estrategicamente o seu CRM e implantar ferramentas e tecnologias que atuam tanto com captação de dados quanto automação de marketing.

A ClaraVista realiza a implementação de uma tag personalizada para o seu e-commerce e realiza a captura de dados do usuário, cruzamento de informações offline, recuperação de carrinho abandonado, além de disponibilizar um dashboard com comportamento de usuários identificados e propriedade dos dados seguindo a LGPD. A tag também tem integração com as principais plataformas, como Oracle Responsys e Salesforce.

E porque investir em uma tecnologia para captura de dados? Pois o entendimento do comportamento do seu consumidor durante a jornada de compra oferece informações valiosas e insights importantes para o seu time comercial e de marketing propor e avaliar estratégias. Além disso, a simplicidade da implementação da tag da ClaraVista no seu site ou e-commerce, aliado a um dashboard user friendly para visualização e navegação das informações facilita o trabalho do seu time de marketing e também de TI.

Trabalhe o seu CRM e melhore o Life Time Value dos seus clientes

A Black Friday está quase chegando e o quanto antes você estiver preparado, melhor irá aproveitar o momento da campanha para potencializar o seu negócio e gerar mais conversões online, além de aumentar o Life Time Value da sua base de clientes. Com um trabalho estratégico do seu CRM é possível realizar a clusterização da sua base com um melhor entendimento de quem são os seus clientes e o seu perfil de compra. A partir destas informações é possível realizar o envio de comunicações mais assertivas e segmentadas, gerando novas conversões e melhorando a fidelidade do seu cliente.

Gostou das dicas? Leia também o nosso post sobre como aproveitar a Black Friday e realizar a captura de dados de usuários em um site com segurança. aqui! 

Mais retenção, conversão e engajamento para o seu site ou e-commerce. Conte com a ClaraVista! Entre em contato com o nosso time e prepare-se para a Black Friday!

Entenda como a integração do ClaraVista com Oracle Responsys potencializa os resultados gerados a partir da captura de dados dos usuários.

ClaraVista e Oracle Responsys – como potencializar resultados com captura de dados

Você já conhece a facilidade de integração da CLARAVISTA com o Oracle Responsys? Esta integração possibilita a captura de dados, além da clusterização e nutrição dos seus leads, de forma simplificada e com segurança. Confira neste post esta dica!

Para facilitar a navegação de usuários recorrentes no seu e-commerce ou site é importante utilizar os dados armazenados em cookies. Para isso, não existe até o momento outra solução que não seja a captura de dados com prévia autorização do usuário. 

A implementação da ClaraVista no seu site ou e-commerce complementa e otimiza as sua estratégia de marketing a partir da captura de dados feita com clusterização e segurança dos dados.

Algumas funcionalidades da ferramenta são:

– Captura da navegação online dos usuários.

– Cruzamento de informações offline.

– Recuperação de carrinho abandonado. 

– Dashboard com comportamento de usuários identificados. 

– Propriedade dos dados seguindo a LGPD.

São diversas vantagens de realizar esta integração. A ClaraVista disponibiliza um dashboard personalizado para o seu negócio e fácil visualização das informações pelo time de marketing. A integração de sistemas é um processo que tem o objetivo de reunir duas ou mais soluções empresariais em apenas uma, ou deixá-las interligadas por uma solução de gestão prática e centralizada. Essa união de dados e automação otimiza tempo, reduz custos financeiros a longo prazo e reduz necessidade de grandes estruturas físicas em uma empresa. Assim fica fácil de entender porque a integração de sistemas facilita a operação gerencial e operacional. 

Conheça também neste post 2 integrações fundamentais para transformar os seus dados em valor.

Oracle Responsys: o que é, vantagens e melhorias

Oracle Responsys é uma funcionalidade integrada ao Oracle Marketing Cloud, uma plataforma única que possibilita a atuação da ferramenta em diversos canais como e-mail, celular, web, redes sociais e exibição e completa o Customer Experience Cloud da Oracle.

Com a ferramenta Responsys, é fácil criar audiências e coletar dados de diversas fontes para captar informações, interagir com clientes e criar relevância. A Oracle Responsys possibilita que equipes de marketing utilizem as ferramentas para proporcionar experiências relevantes, envolver seus clientes em todos os dispositivos, canais e ciclos de vida.

Com o Oracle Responsys é possível criar uma jornada de compra auto-dirigida e impulsionar maiores taxas de conversão, complementando a gestão tradicional de campanhas.

Transparência e tecnologia da ClaraVista

Integração com segurança contra cookies de terceiros.

Protegemos os dados dos seus leads de invasores. Permitimos apenas cookies primários para tornar a jornada online dos seus leads mais agradável. Isso também possibilita o direcionamento de anúncios mais precisos e personalizados.

Integração simplificada com suporte personalizado

Contamos com time dedicado às necessidades de cada negócio, facilitando o processo de implementação das tags no seu site ou e-commerce. Operação totalmente interna e nenhum trabalho para seu time de marketing. 

Cruzamento de dados que enriquece o seu CRM 

Captura de dados otimizada, com clusterização também dos novos leads cadastrados. Isso torna as suas campanhas de marketing mais atrativas e assertivas a partir da clusterização alimentada em tempo real. 

Limpeza da base de dados e preparo do mailing para disparos assertivos

Além da proteção contra e-mails inválidos em formulários de contato, também operamos com a classificação dos leads ativos, distribuição por provedor, popularidade e correção de domínios. 

Recuperação de carrinho de compra e retarget por interesse

Dashboard para visualização de comportamento de usuários identificados para geração de audiências segmentadas para a ferramenta Oracle Responsys. Capaz de identificar comportamentos isolados e geral.

Fale agora com o nosso time e saiba mais detalhes sobre a ferramenta!

Confira as 5 vantagens de integrar o seu CRM com ferramentas para captura de dados. Muito além de nutrição de leads, o foco é governança de dados. Não existe segredo e mistério para gerar leads qualificados e converter dados em vendas. É necessário planejamento, tecnologia e ações personalizadas para cada público e grupo de personas.

5 vantagens de integrar o seu CRM com ferramentas para captura de dados.

Não existe segredo e mistério para gerar leads qualificados e converter dados em vendas. É necessário planejamento, tecnologia e ações personalizadas para cada público e grupo de personas. Vale dar uma olhada no nosso post sobre como fazer a captura de dados de usuários em um site com segurança aqui

Agora vamos ver as 5 vantagens de integrar o seu CRM com ferramentas para captura de dados!

Se o seu CRM é robusto e possibilitar boas integrações com foco no atendimento e operação do seu time, o relacionamento com o cliente sem dúvidas será padronizado e otimizado. Lembre- se que um bom CRM acompanha o crescimento do seu negócio, permitindo uma grande base de leads e clientes, fácil acesso aos dados obtidos e segurança dos dados. 

A integração de sistemas tem o objetivo de reunir duas ou mais soluções empresariais em apenas uma, visando solução de gestão prática e centralizada. Essa união de dados e automação otimiza tempo, reduz custos financeiros a longo prazo e reduz necessidade de grandes estruturas físicas em uma empresa. 

1 – Dados atualizados em tempo real 

A primeira vantagem de fazer a integração do CRM com uma boa ferramenta para captura de dados é a atualização dos dados dos leads em tempo real. Usando ferramentas que fazem a captura organizada de dados de navegação dos usuários, as próximas ações para se comunicar com esses leads cadastrados serão mais diretas e personalizadas. 

Uma integração de qualidade permite a captura de dados de comportamento agrupados ou isolados, garantindo a clusterização de dados, segmentação de leads e definição de personas, esse três pontos listados permitem a criação de bases de mailing assertivas. 

Mas é importante ficar atento ao conjunto de dados de captura que serão usados para as segmentações de leads. Cruzar os dados obtidos a partir do monitoramento da navegação com o comportamento dos leads que entraram, é fundamental para otimização de tempo e processos nos próximos passos.

2 – Campanhas de e-mail marketing otimizadas 

Normalmente disponibilizamos as categorias de interesse em formulários de contato e newsletters, a partir desse direcionamento segmentamos as bases. Mas junto a isso é fundamental cruzar os interesses segmentados internamente com os interesses mapeados a partir da navegação também dos leads que ainda não entraram na base. Uma boa estratégia é usar os itens mais buscados e com maior relevância no momento para divulgar os itens complementares que você precisa dar saída.

Na vantagem 1 falamos sobre dados clusterizados e segmentados para criação de bases de mailing assertivas. Além da segmentação de grupos de interesse e categorias internas definidas pela sua empresa para se comunicar com os leads, é importante monitorar se de fato as segmentações e categorizações de interesse estão sendo eficazes. 

Normalmente disponibilizamos as categorias de interesse em formulários de contato e newsletters, a partir desse direcionamento segmentamos as bases. Mas junto a isso é fundamental cruzar os interesses segmentados internamente com os interesses mapeados a partir da navegação também dos leads que ainda não entraram na base. 

Esse cruzamento de dados garante a criação de campanhas de e-mail atualizadas e direcionadas aos itens e categorias mais visitadas e buscadas pelos usuários, assim fica mais fácil criar e-mails no formato de grade de produtos e serviços com os itens mais pesquisados junto aos itens que você deseja divulgar e vender. 

Uma boa estratégia é usar os itens mais buscados e com maior relevância no momento para divulgar os itens complementares que você precisa dar saída. 

3 – Melhor direcionamento para as campanhas de mídia paga

esmo que as campanhas de mídia paga para Google search, Google display e Facebook sejam feitas no formato de retargeting a partir dos cookies capturados no site ou e-commerce, é importante estruturar boas campanhas de primeiro contato/ divulgação com base em dados bem segmentados e clusterizados.

Mesmo que as campanhas de mídia paga para Google search, Google display e Facebook sejam feitas no formato de retargeting a partir dos cookies capturados no site ou e-commerce, é importante estruturar boas campanhas de primeiro contato/ divulgação com base em dados bem segmentados e clusterizados. 

Lembra da estratégia que falamos antes? Usar os itens mais buscados e com maior relevância no momento para divulgar os itens complementares que você precisa dar saída pode ser uma boa estratégia para obter bons resultados em cliques e conversões através dessas campanhas. 

Você pode usar os produtos mais pesquisados como atrativo para o seu e-commerce, a partir do tráfego gerado, também é válido usar pop-ups com a divulgação de itens complementares ou adicionar os itens que deseja dar saída no carrossel de itens complementares. Assim um novo grupo de anúncios de retargeting será estruturado a partir dessa navegação interna. 

Aproveite para criar campanhas com packs de produtos, relacionar itens com grande busca aos itens complementares pode ser um bom atrativo para gerar tráfego e conversões. 

4 – Mais segurança para o time do comercial

Para que o contato humano com o lead ou cliente seja realizado com segurança e naturalidade, é fundamental que o time comercial esteja com as informações certas e organizadas em tempo real. Nesse momento entra a clusterização e segmentação de dados obtida a partir da ferramenta de captura. 

Após a entrada do lead as informações demográficas básicas devem ser agrupadas com os dados referente ao comportamento de acesso, com isso as ações são baseadas em comportamentos agrupados junto às informações detalhadas dessa pessoa. Desse modo o processo de venda e pós-venda será otimizado e organizado, justamente pela integração do CRM com a ferramenta de captura possibilitar o acesso à essas  informações mais rápido e fácil para o time comercial.  

Dicas da ClaraVista

sar a clusterização de dados de navegação para segmentar e direcionar como o atendimento pode ser feito para os novos leads e clientes. Uma boa primeira impressão irá garantir maior LTV (Lifetime value/ Valor do tempo de vida do cliente).  

5 – Otimização de tempo em relatórios e planejamento  

A otimização do tempo para criação de relatórios e planejamento, é outra vantagem da integração do CRM com as ferramentas de captura. Uma boa ferramenta de integração garante fácil acesso aos dados gerais em um único dashboard, além do mais é possível exportar esses dados de maneira organizada e com facilidade. 

Desse modo, o planejamento para próximas ações de divulgação e relacionamento se torna mais prático e assertivo, garantindo melhor engajamento dos leads e usuários impactados. 

Gostou das dicas? Leia também o nosso post sobre como aproveitar o aumento de pessoas online para divulgar o seu negócio! 

Conheça os diferenciais da ClaraVista para captura segura de dados dos seus usuários. Tecnologia e flexibilidade para cruzamento de dados com operações sob medida.

Conheça os diferenciais da ClaraVista para captura segura de dados dos seus usuários

Para facilitar a navegação de usuários recorrentes no seu e-commerce ou site requer o uso de dados armazenados em cookies, até o momento não existe outra solução que não seja a captura de dados com prévia autorização do usuário. 

A implementação da ClaraVista no seu site ou e-commerce complementa e otimiza as sua estratégia de marketing a partir da captura de dados feita com clusterização e segurança dos dados.

Conheça os nossos diferenciais em relação às soluções de mercado. 

Vale lembrar que, muito além de enviar disparos de e-mail com lembrete para um carrinho abandonado, ou itens na lista de desejo, a captura de dados serve para facilitar a navegação dos usuários e fornecer dados para campanhas assertivas e interessantes, gerando conversões para o seu negócio e uma relação saudável com os seus leads. 

Para empresas que sabem transformar dados em valor, a partir da clusterização e segmentação dos dados coletados, campanhas e a divulgação de descontos especiais são direcionados para os usuários com maior interesse em determinado produto ou serviço. 
Dados bem agrupados e ordenados podem ser usados para divulgar maiores benefícios dos produtos buscados, avaliações e promoções exclusivas. E não tem nada melhor que receber essas informações em primeira mão, afinal de contas, é bem cansativo sair por aí pesquisando sobre determinado produto não é mesmo?

O que a ClaraVista oferece de diferencial?

Integração simplificada com as tecnologias de CRM mais usadas, como Oracle, Salesforce e RD Station

Para facilitar a navegação de usuários recorrentes no seu e-commerce ou site requer o uso de dados armazenados em cookies, até o momento não existe outra solução que não seja a captura de dados com prévia autorização do usuário. A implementação da ClaraVista no seu site ou e-commerce complementa e otimiza as sua estratégia de marketing a partir da captura de dados feita com clusterização e segurança dos dados. Conheça os nossos diferenciais em relação às soluções de mercado.

Oferecemos soluções enterprise com integração simplificada à ferramentas Oracle, Salesforce, RD Station e muitas outras que são as ferramentas número 1 e com reconhecimento mundial. O ClaraVista Customer 360 conta com Tags para integração com segurança e facilidade para o seu e-commerce, o nosso Dashboard simplificado identifica o comportamento isolado e geral dos seus leads e usuários. Isso torna a clusterização muito mais assertiva para comunicações de carrinho abandonado. 

Além da tecnologia criptografada que permite a integração com Oracle Responsys, Oracle Service Cloud – RightNow e Sales Cloud, a ClaraVista garante a segurança dos seus dados e dos dados dos seus leads. A nossa integração é adaptada à linguagem do seu Web Server, assim a captura de dados é feita com facilidade e o cruzamento de dados é feito com organização e segurança. E para apoiar ainda mais o seu negócio, a nossa solução é integrada com Dashboard para visualização do comportamento clusterizado ou individual dos usuários do seu site ou e-commerce. 

Esse conjunto de soluções com operações sob medida foi elaborado para gerar zero esforço para o seu time, centralizando a gestão e monitoramento das tecnologias ativas nos seus canais! 

Cruzamento de dados do CRM com o Marketing

 Para que o ecossistema no universo do marketing digital funcione, é necessário a integração e cruzamento de dados com segurança em todos os canais. Além da captura de dados feita no seu e-commerce ou site, com a integração ClaraVista é possível cruzar os dados das redes sociais e demais canais para entrada de leads.

Para que o ecossistema no universo do marketing digital funcione, é necessário a integração e cruzamento de dados com segurança em todos os canais. Além da captura de dados feita no seu e-commerce ou site, com a integração ClaraVista é possível cruzar os dados das redes sociais e demais canais para entrada de leads. 

A nossa tecnologia tem como preferência a utilização de cookies primários, que são cookies que fazem parte de um único domínio, sendo uma forma mais segura de usar cookies de sessão para captura de dados segura. 

Por entender de tecnologia Oracle, garantimos o cruzamento dos dados gerados pela sua ferramenta Oracle Service Cloud – RightNow, que é muito usada para atuar na gestão interna com agilidade e SAC com padrão de qualidade pois possibilita facilidade na análise de indicadores de áreas de diferentes níveis, fast call para call center, facilidade interna para uso de disparos de e-mail, chat para atendimento aos clientes através do SAC e também a extração de relatórios práticos. 

Com a integração da ClaraVista E-mail Cleaner, é possível o cruzamento com os dados do seu CRM e uso de ferramentas para limpeza das bases de mailing, monitoramento de comportamento dos leads, distribuição por provedor, correção de domínios e proteção contra e-mails inválidos em formulários de cadastro e estrutura multi IPs. Sendo uma integração com segurança dos dados e facilidade para o seu time. 

O ClaraVista Re-Engage é responsável por possibilitar o uso de estrutura multi IPs, que mantém a entregabilidade das suas campanhas de e-mail, com monitoramento constante e reports de acordo com as necessidades do seu negócio. Estamos aqui para complementar a sua estratégia de reaquecimento e nutrição, com foco total no LTV “Life Time Value” da sua base de clientes. E não podemos esquecer de mencionar que seguimos as normas e recomendações de boas práticas da LGPD. 

Mais retenção, conversão e engajamento para o seu site ou e-commerce. Conte com a ClaraVista!

Existe uma nova pirâmide de necessidades de consumo? 3 dicas para manter as suas vendas.

De fato houve um aumento de mais de 100% (Abcomm) nas vendas online e tráfego de usuários em sites de diversos segmentos, então é fundamental aproveitar esse grande número de usuários para aumentar as vendas e divulgação da sua marca. Mas antes de sair por aí com campanhas de remarketing e retargeting é fundamental entender onde o seu produto ou serviço se enquadra na pirâmide de necessidades de Maslow. 

Além do mais, em tempos de crise e pandemia mundial, é natural que as vendas em determinadas categorias sofram uma queda brusca, mas ainda assim é importante manter a divulgação do seu negócio e ajustar as estratégias de marketing para manter os seus clientes e leads ativos nesse período de queda. 

Hoje vamos te ajudar a entender se existe uma nova pirâmide de necessidades de consumo, e também 3 passos importantes para divulgar o seu negócio online, atrair usuários, capturar leads e nutrir essas pessoas usando ferramentas de marketing digital para alavancar seu negócio!

Basicamente Maslow define cinco categorias de necessidades humanas que são colocadas em ordem de prioridade em uma pirâmide, são elas: fisiológicas, segurança, afeto, estima e autorrealização. Essas categorias estão relacionadas com a sobrevivência humana, e são um guia para entender as necessidades de consumo. 

Segundo a teoria de Maslow, uma pessoa só sente o desejo de satisfazer a necessidade de um próximo desejo se a necessidade e desejo do estágio anterior estiver concluída. Isso mostra que o consumo acontece de forma sequencial. 

As necessidades fisiológicas (alimentação, saúde, repouso, horário de almoço no trabalho) estão na base da pirâmide, e são os itens e serviços com prioridade no consumo. Subindo a pirâmide, o segundo nível é representado pela segurança (emprego, policiamento nas ruas, serviços para moradia, qualidade no transporte público, aplicativos de transporte, educação básica). Já o terceiro nível é representado por relações sociais (aplicativos de relacionamento, eventos e espaços para Networking, integração com clientes etc). 

O quarto nível está relacionado à estima, nessa categoria estão agrupadas as necessidades relacionadas ao respeito e segurança no ambiente de trabalho e fora do ambiente corporativo (cursos profissionalizantes, vestuário e acesso à tecnologia). Por fim temos o topo e quinto nível, representado pela autorrealização, que podem ser viagens, plataformas para estimular a criatividade, eventos sociais e atividades religiosas.  

Essa pirâmide serve como um guia sobre as necessidades e ordem de consumo, é claro que alguns serviços e produtos são consumidos em ordens diferentes por determinados grupos de pessoas. Mas em momentos de crise financeira e pandemia, onde o psicológico das pessoas é diretamente afetado, fica mais claro quais são as prioridades de consumo no período inicial, isso resulta na queda de compras por impulso e maior tempo no processo de decisão da compra, ou seja, maiores comparações entre os concorrentes, preços no frete e avaliações feitas por clientes. 

Atenção em momentos de crise

Em momentos onde o processo de decisão de compra é muito maior e a redução nas compras por impulso aumenta, é muito importante ter site totalmente responsivo, página para check out com funcionamento perfeitamente, informações de pagamento claras, FAQ com fácil acesso e canais de atendimento online com bom funcionamento.

A primeira dica é saber claramente onde o seu produto ou serviço se encaixa na pirâmide de prioridades de consumo, a partir disso é importante dar destaque e garantir a qualidade na entrega dos itens mais comprados e até mesmo buscados. Outro ponto chave é apostar na variedade de itens complementares dos produtos com maior saída em um momento de crise. 

Para que a divulgação de itens complementares em um e-commerce seja feita de maneira assertiva é importante ter tecnologia e ferramentas robustas para organizar essa atividade em um e-commerce. Já os produtos com custo maior e pedidos com maior ticket médio, é fundamental estar atento ao preço do frete, possibilidades de pagamento mais acessíveis e descontos atrativos, assim as suas chances para gerar uma conversão serão maiores entre tantos concorrentes avaliados pelo usuário. 

Já falamos aqui sobre funcionalidades básicas para um e-commerce que quer gerar vendas, mas vamos reforçar. Em momentos onde o processo de decisão de compra é muito maior e a redução nas compras por impulso aumenta, é muito importante ter um site totalmente responsivo, página para check out funcionamento perfeitamente, informações de pagamento claras, FAQ com fácil acesso e canais de atendimento online ativos. 

Esteja atento também ao SAC e SAC 2.0 nas suas redes sociais ativas, em um momento onde muita gente está online navegando e pesquisando sobre produtos e serviços, é importante sanar as dúvidas também nas redes sociais e fazer o gerenciamento de crise (comentários negativos) com maior agilidade. 

Nutrição de leads para manter a sua marca na lembrança

Além de automação para carrinho abandonado em pleno funcionamento, vale também ativar disparos para lembrete de lista de desejos, curiosidades sobre os produtos e avaliações positivas das últimas compras. Você pode usar um sorteio ou cupom de desconto como atrativo para o preenchimento da pesquisa por e-mail.

Como o processo para tomada de decisão de uma compra está sendo maior, é essencial segmentar usuários e clusterizar de modo mais assertivo, garantindo maior qualidade na nutrição através de disparos de e-mail. Além de automação para carrinho abandonado em pleno funcionamento, vale também ativar disparos para lembrete de lista de desejos, curiosidades sobre os produtos e avaliações positivas das últimas compras. 

Com os fluxos de automação para remarketing por e-mail ativos, lembre-se de seguir sempre as diretrizes recomendadas pela LGPD e enviar formulários de pesquisa para entender se os leads ativos estão gostando dos conteúdos enviados, afinal são pessoas que estão recebendo esses e-mails. 

Os disparos de e-mail com formulários de pesquisa além de mostrar quem de fato são os leads ativos, ajudam na melhor reputação com os provedores de e-mail. Você pode usar um sorteio ou cupom de desconto como atrativo para o preenchimento da pesquisa por e-mail. 

Em um momento onde as reais necessidades de consumo ficam mais claras por parte dos consumidores, lembra que falamos no começo sobre o consumo de forma sequencial? Em que uma pessoa só sente o desejo de satisfazer a necessidade de um próximo desejo se a necessidade e desejo do estágio anterior estiver concluído. Esse comportamento deixa claro que em algum momento o seu serviço ou produto será adquirido. Sendo mais um motivo para manter os seus leads nutridos com conteúdo relevante e personalizado. 

Mas fique atento com o excesso de disparos de e-mail promocionais e presença em campanhas de retargeting usando o Google Ads e Redes Sociais, fazer muitos disparos com grades de produtos pode ser cansativo e gerar raiva pela sua marca, além de aumentar a taxa de Opt Out e denúncia por Spam. O excesso de disparos de e-mail com conteúdo promocional também afeta muito na credibilidade da sua marca e reputação com os provedores de e-mail. Mesclar disparos com curiosidade sobre produtos e até mesmo avaliações ajuda a manter um lead ativo sem forçar a intenção de venda imediata, que é a velha e ótima estratégia de “vender informando”.  

Aproveite para trabalhar com maior frequência as campanhas de branding da sua marca, assim você gera admiradores que irão considerar comprar o seu produto em algum momento. 

Monitoramento e captura de dados

Para fazer a captura de dados no seu e-commerce ou site é importante ter ferramentas para essa captura com cookies criptografados e uma ferramenta de CRM robusta para segmentação e clusterização dos dados armazenados. É importante mapear e clusterizar os dados classificados como desejos secundários para que as campanhas de nutrição através de remarketing por e-mail e retargeting nas redes sociais sejam feitas de modo assertivo e para os grupos de usuários certos.

Com tanta gente online é natural o aumento de carrinhos abandonados e criação de lista de desejos, e se transformados em dados clusterizados, podem gerar grandes conversões e aumento do LTV para o seu negócio! Já falamos aqui no blog que, para fazer a captura de dados no seu e-commerce ou site, é importante ter ferramentas para essa captura com cookies criptografados e uma ferramenta de CRM robusta para segmentação e clusterização dos dados armazenados. 

Para que esse “ecossistema” funcione de maneira saudável, será necessário monitorar e clusterizar o comportamento dos leads e usuários navegando no seu e-commerce. Como as necessidades de consumo já estão bem definidas, fica mais fácil de identificar os interesses primários, mas é importante mapear e clusterizar os dados classificados como desejos secundários para que as campanhas de nutrição através de remarketing por e-mail e retargeting nas redes sociais sejam feitas de modo assertivo e para os grupos de usuários certos. 

Uma estratégia muito válida nesse momento onde os usuários demoram mais tempo para realizar a compra de um produto ou serviço, é aproveitar os dados armazenados para produzir conteúdos relevantes e atrativos, mantendo os seus leads aquecidos e gerando compartilhamento orgânico das suas campanhas de nutrição nas redes sociais.

Dicas da ClaraVista 

1 – Lembre-se que o shopper é a pessoa que realiza uma compra, sendo ela consumidora ou não, e mesmo que a compra tenha sido realizada para outra pessoa, o shopper precisa se sentir seguro do processo inicial até a finalização da compra. Sendo um cliente de grande potencial. 

2 – Se você tem campanhas de Google Search/ Adwords ativas, tenha até 10% da verba destinada a campanhas no formato DSA (Anúncios dinâmicos), essa recomendação é feita pelo próprio Google, pois esse formato de anúncio gera automaticamente palavras-chave na primeira e segunda linha de acordo com a pesquisa feita pelo usuário, sendo dinâmico. Já o texto final, é você quem define. 

3 – Todas essas ações são elaboradas para gerar conversões através da relação com pessoas, nunca se esqueça de manter a relação humana nas suas campanhas. 

Gostou das dicas? Leia também o nosso post sobre como aproveitar o aumento de pessoas online para divulgar o seu negócio aqui! 

Entenda porque a captura de dados facilita a navegação dos usuários.

Facilitar a navegação de usuários recorrentes no seu e-commerce ou site requer o uso de dados armazenados em cookies, até o momento não existe outra solução que não seja a captura de dados com prévia autorização do usuário.  

Embora os cookies sejam vistos como grandes vilões da navegação, é importante reforçar para os usuários que boas práticas e tecnologias de criptografia são grandes aliadas para proteção dos dados armazenados em cookies que serão usados para oferecer vantagens. 

Como a intenção da captura e dados é tornar a navegação online mais rápida, segura e vantajosa, vamos mostrar como os cookies e essa captura de dados facilitam e tornam processos de compra em um e-commerce mais rápidos!

Já falamos aqui sobre a importância de disponibilizar no começo da navegação um pop-up com a política de privacidade e termos de serviço descritos de forma clara, assim o usuário pode entender que você não irá roubar os seus dados, pelo contrário, os cookies irão acompanhar a sua navegação e preferências, para tornar a navegação mais rápida, do jeito que essa pessoa gosta!

Como a grande função do cookie é servir de lembrete para os servidores sobre as preferências de uso durante a navegação, como campos preenchidos em formulários, opções de idioma e até mesmo senhas, como garantir que esse preenchimento automático seja mais seguro? 

O sistema IOS para iphone e alguns modelos de macbooks utilizam a etapa de confirmação através do Touch ID e Face ID para confirmar que de fato é o usuário quem deseja o preenchimento automático de certos campos e até mesmo senha. Em alguns aparelhos com sistema Android a tecnologia por biometria também é utilizada para fazer essa confirmação antes da utilização dos dados salvos pelos cookies. 
E tem mais, o google e outros navegadores tem como política de segurança não armazenar dados específicos em cookies, como o código de segurança de um cartão de crédito e data de nascimento em alguns casos. Mas os demais dados são salvos e após autorização e são preenchidos automaticamente, agilizando o processo em uma compra online ou solicitação de contato através de um formulário de contato.

Você sabia?

As ferramentas do Google Docs quando utilizam cookies para salvar as informações online e offline, caso a conexão apresente instabilidade, os dados e preferências de configuração feitas em cada ferramenta são armazenados no cookie (TXT), e depois enviados à nuvem para atualização e armazenamento online. 

Preferências de uso para uma navegação mais rápida. 

Como a nova jornada de compra é omnichannel/ multicanal, o consumidor começa a pesquisa em um canal, inicia o processo de pagamento mobile ou desktop, e pode até finalizar o pagamento na loja física. É importante que os meios de pagamento não estejam estar isolados, oferecendo solução de pagamento em todos os canais sem burocracia, além do mais, é importante armazenar os dados da maneira correta, para que o usuário se sinta no mesmo ambiente usando a plataforma mobile ou desktop.

Como a nova jornada de compra é omnichannel/ multicanal, o consumidor começa a pesquisa em um canal, inicia o processo de pagamento mobile ou desktop, e pode até finalizar o pagamento na loja física. É importante que os meios de pagamento não estejam estar isolados, oferecendo solução de pagamento em todos os canais sem burocracia, além do mais, é importante armazenar os dados da maneira correta, para que o usuário se sinta no mesmo ambiente usando a plataforma mobile ou desktop.  

Muito além de armazenar preferências de idioma e lista de favoritos mesmo sem o login feito em um e-commerce, os cookies armazenados também são usados para armazenar preferências de conteúdo buscado, assim fica mais fácil e rápido encontrar um produto ou serviço complementar para aquela pesquisa recente. 

Você já sabe disso, mas talvez o seu usuário não 

Cookie e Cache, qual a diferença? Embora a função dos dois seja armazenar dados para agilizar a navegação, existe uma grande diferença entre eles. O cookie guarda informações sobre o usuário, informações que são simples: preferências do usuário, IP do computador, e esses dados são armazenados em formato TXT criptografados, após essa etapa eles enviados aos servidores. Já o cache guarda informações sobre as páginas, armazenando dados para facilitar o carregamento de imagens, vídeos e animações, vale destacar que o cache salva dados e arquivos na máquina do usuário, os cookies não ocupam espaço na máquina do usuário. 

Formulários de contato e solicitações diversas.

O preenchimento automático facilita e muito a realização de um cadastro em um e commerce. Vale lembrar que o preenchimento automático em navegadores como o Google Chrome só acontece porque os cookies do navegador estão ativos, além é claro das integrações feitas com contas de e-mail, que garantem ainda mais segurança no processo da captura e armazenamento de dados pessoais.

Como já falamos sobre as ferramentas de segurança aplicadas em smartphones e desktops para autorizar o preenchimento automático de dados através dos cookies, fica mais fácil de afirmar que o preenchimento automático facilita e muito a realização de um cadastro em um e-commerce. Vale lembrar que o preenchimento automático em navegadores como o Google Chrome só acontece porque os cookies do navegador estão ativos, além é claro das integrações feitas com contas de e-mail, que garantem ainda mais segurança no processo da captura e armazenamento de dados pessoais. 
Ou seja, se o preenchimento automático acompanhar um usuário em outro site, o grande responsável é o cookie do navegador! Além do autopreenchimento em formulários de contato através dos cookies ativos do navegador. Também é possível salvar preferências de idioma, traduções automáticas, auto completar de links e modos de exibição em sites com tecnologia dark mode.

Retargeting e remarketing por e-mail com descontos personalizados.

Muitos usuários podem se questionar, fornecer meus dados e preferências de fato trazem vantagem? Sim! Para empresas que sabem transformar dados em valor, a partir da clusterização e segmentação de usuários a partir dos dados coletados, campanhas e a divulgação de descontos especiais são direcionados para os usuários com maior interesse em determinado produto ou serviço.

Muitos usuários podem se questionar “Fornecer meus dados e preferências de fato trazem alguma vantagem?” A resposta é: Sim! Para empresas que sabem transformar dados em valor, a partir da clusterização e segmentação dos dados coletados, campanhas e a divulgação de descontos especiais são direcionados para os usuários com maior interesse em determinado produto ou serviço. 

Muito além de enviar disparos de e-mail com lembrete para um carrinho abandonado, ou itens na lista de desejo. Dados bem agrupados e ordenados podem ser usados para divulgar maiores benefícios dos produtos buscados, avaliações e promoções exclusivas. E não tem nada melhor que receber essas informações em primeira mão, afinal de contas, é bem cansativo sair por aí pesquisando sobre determinado produto não é mesmo? 

Campanhas de Google e lembretes personalizados. 

Utilizar de anúncios pagos no Google ou redes sociais é uma estratégia muito utilizada para impactar usuários com anúncios sobre descontos exclusivos e até mesmo frete grátis. Isso mostra que o uso de dados foi feito da maneira certa e oferecendo benefícios para cada usuário.

Outro ponto muito criticado pelos usuários, é a perseguição através das campanhas de retargeting no Google Ads. De fato algumas empresas não respeitam o tempo de exibição recomendado para cada usuário, ou não fazem a clusterização adequada para impactar o usuário com produtos que de fato interessam. Mas as ainda assim, utilizar de anúncios pagos no Google ou redes sociais é uma estratégia muito utilizada para impactar usuários com anúncios sobre descontos exclusivos e até mesmo frete grátis. Isso mostra que o uso de dados foi feito da maneira certa e oferecendo benefícios reais para cada usuário. 

Gostou das dicas? Leia também o nosso post com dicas para fazer a captura de dados com segurança aqui

Como fazer a captura de dados de usuários em um site com segurança.

Como fazer a captura de dados de usuários em um site com segurança.

A captura de dados de usuários feita através de um site sempre gera polêmicas, as pessoas que navegam sentem que estão sendo perseguidas e que os seus dados estão sendo roubados, já as empresas tentam explicar que a intenção é tornar a navegação online mais rápida, segura e eficiente, afinal vivemos em uma era em que todos estão com pressa, não é mesmo? Por isso reunimos informações e passos importantes para fazer a captura de dados dos seus usuários de uma forma segura também para o seu e-commerce ou site.

Para deixar os seus usuários mais tranquilos em relação à captura de dados feita pelo seu site, é importante disponibilizar no começo da navegação um pop-up com a política de privacidade e termos de serviço descritos de forma clara, assim o usuário pode entender que você não irá roubar os seus dados, os cookies irão acompanhar a sua navegação e preferências, para tornar a navegação mais rápida, do jeito que essa pessoa gosta!

Na linguagem de programação o grande responsável por possibilitar essa captura de dados dos usuários através do site é o cookie de navegação. Esse pequeno arquivo de texto sem limites de tamanho armazena os dados e preferências selecionadas pelos usuários em um site ou e-commerce. Mesmo que você já saiba disso, vamos relembrar alguns pontos importantes sobre os cookies. Inicialmente a sua principal funcionalidade era armazenar dados de login e senha dos usuários, facilitando e muito a navegação e retorno de um usuário ao seu site.  

Como a grande função do cookie é servir de lembrete para os servidores sobre as preferências de uso durante a navegação, fique atento aos parâmetros de segurança em cada integração feita e também na linguagem usada para cada plataforma em contato com o seu servidor. 

Você sabia? 

As ferramentas do Google Docs quando utilizam cookies para salvar as informações online e offline, caso a conexão apresenta instabilidade, os dados e preferências são armazenados no cookie (TXT) e depois enviados à nuvem para atualização e armazenamento online. 

Cookies e Web server em funcionamento saudável

Já que mapear o histórico de navegação e preferências de uso é são as funções dos cookies, como extrair esses dados e oferecer conteúdos assertivos e melhor experiência para o usuário? Cada servidor junto à plataforma usada no seu site exige linguagem com código específico, assim cada servidor irá conseguir ler os dados armazenados e criptografados pelos cookies.

Já que mapear o histórico de navegação e preferências de uso é são as funções dos cookies, como extrair esses dados e oferecer conteúdos assertivos e melhor experiência para o usuário? Cada servidor junto à plataforma usada no seu site exige linguagem com código específico, assim cada servidor irá conseguir ler os dados armazenados e criptografados pelos cookies. 

Ah! Vale lembrar que nesse “ecossistema” no mundo da programação, os cookies não trabalham sozinhos, o web server recebe todos os dados e devolve para o seu site o que deve ser armazenado e apresentado novamente para o usuário durante a navegação, mesmo que o cookie guarde um grande volume de dados TXT, a tecnologia do seu web server que decide o que será apresentado novamente para o usuário. Por isso é importante estar atento também ao seu servidor de dados, mantendo a segurança dos dados dos seus usuários e do seu e-commerce ou site de ponta a ponta. 

Entendendo os tipos de cookie para o seu site ou e-commerce

Como já está claro que o cookie não rouba informações dos usuários, apenas armazena os seus dados para tornar a navegação mais rápida junto ao web server, vamos entender como cada tipo de cookie funciona dentro de um site.

Como já está claro que o cookie não rouba informações dos usuários, apenas armazena os seus dados para tornar a navegação mais rápida junto ao web server, vamos entender como cada tipo de cookie funciona dentro de um site.  

1 – Cookie de sessão/ Session Cookie: Esse tipo de cookie fica ativo apenas durante a sessão de navegação de um usuário no seu site. O foco é captar dados apenas da navegação interna de maneira mais clara possível sem interferências externas. Com esses dados de navegação interna isolados, é possível entender o que mais gera atração e engajamento no seu site. Vale lembrar que esse tipo de cookie não pode ser apagado pelo usuário de forma manual. Além do mais ele é primário (Pertence a um único domínio), sendo uma forma mais segura de usar cookies de sessão. 

2 – Persistent/ Permanent Cookie: Assim como o cookie de sessão, esse modelo também fica ativo apenas no seu site, mas pode ser apagado pelo usuário de forma manual. Esse tipo também é primário (Pertence a um único domínio), sendo uma forma segura de usar cookies apenas durante a sessão. Mas ainda assim esse formato possibilita para ferramentas externas a leitura dos dados para impactar usuários com campanhas de Google Ads e demais anúncios. 

3 – Third-party Cookie: Esse formato de cookie acontece quando um grupo de domínios próprios ou diferentes possuem acesso aos seus dados e configurações de captura. Mas é importante estar atento aos servidores e criptografia interna, pois os servidores precisam ter o mesmo padrão de protocolo (http ou https) para ler os dados disponibilizados pelo cookie, além de ter tecnologia padronizada para ler a criptografia aplicada no cookie. Esse formato também possibilita para ferramentas externas a leitura dos dados para impactar usuários com campanhas de Google Ads e demais anúncios. 

4 – HTTP only-cookie: Ele só permite conexão HTTP e evita que o arquivo seja alterado com facilidade, evitando que os dados gerados sejam utilizados para criação e utilização de um java script mal intencionado. 

5 – Secure Cookies: Só aceita conexão e linguagem HTTPs, se tornando uma das opções seguras para captura de dados no seu site e comunicação com o web server. 

6 – Same-site Cookie: Esse cookie é muito seguro pois evita requisições (solicitações) forjadas CRSF (Cross-Site request forgery) de domínios de terceiros que podem usar os seus cookies e até mesmo roubar os seus dados capturados. Além do mais, ele faz com que os servidores só aceitem requisições (solicitações) de um mesmo site, tornando a troca de dados segura e totalmente primária. 

7 – Zombie Cookie/ evercookie: Voltado para o monitoramento apenas no seu site, esse formato é mais persistente por criar um tipo de ID para cada usuário, assim ele volta a ser ativo mesmo depois que for deletado pelo usuário.

8 – Super Cookie: Com programação mais delicada envolvida, esse cookie que pertence a um conjunto de domínios diferentes e otimizadas para https, o que não torna a comunicação com o seu servidor tão segura. Além do mais este formato cria um ID para cada usuário, o que facilita mapear cada usuário mesmo fora dos seus canais. O Super Cookie pode parecer revolucionário, mas as normas e leis de proteção de dados LGPD barram o seu uso justamente por ser uma tecnologia totalmente invasiva que não é aceita pelos usuários.

Garantindo mais segurança para os seus cookies e web server

Garantir a segurança dos seus cookies e dados armazenados é fundamental para evitar grandes problemas judiciais com os clientes e invasões de javaScripts no seu site e servidor. Para garantir maior proteção, além de criptografar o envio de dados do cookie para o web server é importante manter todos os sistemas operacionais das máquinas atualizados.

Garantir a segurança dos seus cookies e dados armazenados é fundamental para evitar grandes problemas judiciais com os clientes e invasões de javaScripts no seu site e servidor. Para garantir maior proteção, além de criptografar o envio de dados do cookie para o web server é importante manter todos os sistemas operacionais das máquinas atualizados. 

Também é válido adicionar um tempo de validade aos seus cookies ativos, assim você tem mais uma garantia de proteção contra javaScripts locais mal intencionados, pois a cada tempo você terá que criar e configurar novos cookies do zero. 

Outro passo muito importante para fazer a captura de dados dos seus usuários com segurança, é garantir no seu e-commerce e site a proteção contra cookies de terceiros (cookies que não são pertencentes ao seu domínio).  

Você já sabe que para fazer a captura de dados dos usuários é fundamental ter a autorização de cada usuário, a partir disso é possível criar campanhas de e-mail e até mesmo campanhas no Google Ads. Mas fique atento às boas práticas em ações de divulgação para não passar impressão de perseguição com os seus usuários. Além do mais, é importante investir em uma ferramenta que garanta criptografia durante a troca de dados entre o cookie e servidor. 

Quanto melhor for o sistema de rastreamento e mais assertiva a oferta através dos dados organizados, mais conversões irão surgir pois os usuários não irão se sentir perseguidos. 

Gostou das dicas? Leia também o nosso post com 5 dicas para aumentar a receita do seu e-commerce com carrinho abandonado aqui

1 milhão de carrinhos recuperados e 7% de taxa de conversão. Veja como obter esses resultados.

1 milhão de carrinhos recuperados e 7% de taxa de conversão. Veja como obter esses resultados.

Em um e-commerce a taxa de abandono de carrinho que pode aumentar como consequência de fatores internos, que são os problemas no seu e-commerce, ou fatores externos, relacionados aos hábitos de consumo dos seus clientes ou avaliações externas dos produtos e serviços. 

Mas como recuperar carrinhos e aumentar o LTV “Life Time Value” dos seus clientes a partir da captura de dados? Confira nossas dicas para obter esses resultados positivos. 

Já falamos aqui da importância em enxergar o carrinho abandonado e lista de desejos como dados valiosos para gerar conversão em transação. Mas para aproveitar esse grande volume de carrinhos abandonados e lista de desejos, é necessário fazer a clusterização de dados para que as próximas campanhas de retargeting e atração sejam personalizadas e mais diretas. 

E para que as ações de marketing sejam efetivas, o caminho ideal sem dúvidas é fazer a integração entre o CRM, redes sociais e e-commerce. Desse modo o tráfego de dados multicanal/ omnichannel dos usuários pode ser agrupado e clusterizado, possibilitando campanhas de qualidade e humanizadas.

Como recuperamos mais de 1 Milhão de carrinhos?

Como recuperar carrinhos e aumentar o LTV "Life Time Value"? Confira nossas dicas para obter mais de 1 milhão de carrinhos recuperados e 7% de taxa de conversão. A nossa dica para que as campanhas de e-mail funcionem em todos os seus formatos é ter atenção na criação dos fluxos de automação que precisam estar integrados e com acompanhamento diário.

As ações para recuperação de carrinhos começam com a análise de dados de um e-commerce e análise do ecossistema completo da marca. Desse modo fica mais fácil de entender quais canais de captura de dados estão ausentes e como os canais ativos estão sendo usados. 

Com os nossos clientes conseguimos alcançar grandes resultados através das campanhas de e-mail marketing integradas ao e-commerce e demais canais de entrada de leads. O resultado chegou a mais de 1 milhão de carrinhos recuperados e 7% de taxa de conversão em comparação a 1,3% das campanhas tradicionais do cliente. Se você quiser ver o nosso case completo, entre em contato com o nosso time! 

Obtendo grandes resultados através do e-mail marketing 

Após a análise da estratégia completa que envolve a sua marca, podemos focar em campanhas de canais específicos para pontuar ajustes em interações e estratégias. 

Através das campanhas de e-mail marketing, obtivemos aumento de 18,5% mensal na taxa de abertura. Sendo resultado da interação das bases devido a um melhor calendário de ofertas e criação de subjects mais atrativos, aumentando a relevância dos disparos de e-mail e reduzindo o volume de spam e opt out. 

A nossa dica para que as campanhas de e-mail funcionem em todos os seus formatos é ter atenção na criação dos fluxos de automação que precisam estar integrados e com acompanhamento diário. Muito além do fluxo de automação transacional e disparos para abandono de carrinho, é muito bom apostar em formulários iniciais de maneira suave, perguntando ao usuário os motivos pelo abandono da compra, essa estratégia melhora a reputação com os provedores de e-mail e te ajuda ainda mais na segmentação e clusterização dos leads. 

O segundo passo é criar réguas de nutrição para manter o relacionamento saudável com a base de leads que abandonou o carrinho, para um e-commerce diversos fatores internos e externos podem influenciar no processo de finalização de uma compra. Os e-mails disparados para nutrir leads funcionam justamente por suavizar a abordagem de venda, apresentar mais detalhes da sua marca e despertar desejo por determinados produtos. 

Vale lembrar que, o shopper é a pessoa que realiza uma compra, sendo ela consumidora ou não, e mesmo que a compra tenha sido realizada para outra pessoa, o shopper precisa se sentir confiança e credibilidade através dos seus disparos de e-mail transacionais e de nutrição, assim a próxima tomada de decisão para uma compra será mais segura por parte desse lead. 

Outra ação eficaz para melhorar os resultados das réguas de disparos de e-mail, é apostar em réguas de reaquecimento personalizadas. Após monitorar e clusterizar o comportamento dos leads, as necessidades de consumo já estão bem definidas, assim fica mais fácil de identificar os interesses primários e desejos secundários. Esses desejos secundários serão usados para campanhas reaquecimento, ativando a lembrança pela sua marca e apresentando mais produtos disponíveis no seu e-commerce. 

Dica da ClaraVista

É fundamental investir na responsividade total para o seu e-commerce, principalmente nas páginas de Check Out, onde o processo de finalização da compra precisa ser perfeito, pois qualquer interferência e falha, podem tirar a credibilidade do seu e-commerce e causar a desistência da compra.

Como obter aumento significativo na taxa de cliques? 

Com tanta concorrência e pontos de distração em campanhas por e-mail, adotamos estratégias de atração nos subjects e preheader para se aproximar de maneira humanizada, relacionando os produtos oferecidos a atualidades e momentos regionais. Com essa estratégia conseguimos atingir ótimos resultados na taxa de abertura justamente por manter uma comunicação saudável e atrativa em disparos com grade de vendas e nutrição.

Alcançamos aumento de 14,5% mensal na taxa de clique com os nossos clientes. Sendo resultado das análises com mapa de calor para posicionamento de botões e ofertas estratégicas com foco em conversão. Obtivemos também 27% na taxa de clique, como resultado de testes A/B em subjects e segmentação de bases. Resultando em crescimento mensal de 18,5% na abertura e 14,5% nos cliques. 

Esses resultados foram alcançados através de ações bem planejadas e a análise de dados constante, além dos comparativos semanais, mensais e sazonais, clusterizamos os dados de comportamento principalmente dos leads que abandonaram a compra, para identificar possíveis motivos para desistência na compra. Com tanta concorrência e pontos de distração em campanhas por e-mail, adotamos estratégias de atração nos subjects e preheader para se aproximar de maneira humanizada, relacionando os produtos oferecidos a atualidades e momentos regionais. Com essa estratégia conseguimos atingir ótimos resultados na taxa de abertura justamente por manter uma comunicação saudável e atrativa em disparos com grade de vendas e nutrição. 

Dica da ClaraVista

1 – No ambiente do e-commerce, caso um usuário esteja saindo da tela de compra, aproveite para avisar ao cliente que ele está saindo da página de Check Out de uma maneira suave e interativa. O overlay de abandono ajuda muito a reverter futuramente a taxa de abandono, justamente por perguntar ao cliente os motivos da desistência no exato momento da compra. Lembre-se de usar essas informações de comportamento para se comunicar por e-mail de maneira suave. 

2 – Para pelar no preço e facilidades de pagamento de maneira assertiva, lembre-se de efetuar esse disparo de e-mail promocional após um tempo e próximo à datas de pagamento e sazonalidades. Esse tempo até o disparo de e-mail promocional é importante para que a pessoa não se sinta lesada, pelo contrário, é importante mostrar que se essa pessoa se manter ativa na sua base de leads, ela só irá receber benefícios em primeira mão. 

3 – Para carrinhos abandonados com ticket médio maior, a conversão pode demorar mais que o normal, para esse grupo de leads é válido apostar em disparos de nutrição com avaliações dos clientes e também avaliações externas, despertando o desejo pelo produto e lembrança pela sua marca. 

Agora que você já sabe como reduzir a taxa do abandono de carrinhos e aumentar a receita do seu e-commerce, veja aqui as 5 dicas para aumentar a receita do seu e-commerce com carrinho abandonado

5 dicas para aumentar a receita do seu e-commerce com carrinho abandonado.

5 dicas para aumentar a receita do seu e-commerce com carrinho abandonado.

Se você está aqui, é porque se preocupa com cada detalhe do seu negócio! E em um e-commerce, é fundamental estar atento à taxa de abandono de carrinho que pode acontecer por fatores internos, que são os problemas no seu e-commerce, ou fatores externos, relacionados aos hábitos de consumo dos seus clientes ou avaliações externas dos produtos e serviços. 

Hoje listamos 5 dicas fundamentais para aumentar a receita do seu e-commerce com o carrinho abandonado! 

A pesquisa feita pelo E-Commerce Radar (e-commerce Brasil) mostrou que em 2019, cerca de 83% dos carrinhos foram abandonados no Brasil, e se observarmos os dados dos primeiros meses de 2020, esse percentual de abandono pode ser ainda maior. Mesmo que esse abandono seja consequência de fatores internos ou externos, é importante saber que o carrinho abandonado, assim como lista de desejos, significam que o cliente tem um enorme desejo em adquirir o seu produto, ou seja, carrinho abandonado significa a possibilidade de gerar muita conversão em vendas! 

Dica 1. Tenha um e-commerce funcional e totalmente responsivo.

É fundamental investir na responsividade total para o seu e-commerce, principalmente nas páginas de Check Out, onde o processo de finalização da compra precisa ser perfeito, pois qualquer interferência e falha, podem tirar a credibilidade do seu e-commerce e causar a desistência da compra.

A pesquisa do Sebrae mostrou que as vendas realizadas através de dispositivos mobile em 2019 representaram mais de 9,7% das conversões no Brasil, e mais de 56% das transações são originadas de smartphones, sendo a faixa etária que mais realiza compras vai de 25 a 34 anos (E-commerce Brasil 2018). 

Por isso é fundamental investir na responsividade total para o seu e-commerce, principalmente nas páginas de Check Out, onde o processo de finalização da compra precisa ser perfeito, pois qualquer interferência e falha, podem tirar a credibilidade do seu e-commerce e causar a desistência da compra. 

Como a expectativa pelo produto é muito grande, é importante ter um site com layout limpo, mostrando claramente os detalhes do seu produto ou serviço e carregamento rápido para navegação mobile. Isso não significa eliminar grafismos e imagens de qualidade, mas você pode eliminar algumas animações ao decorrer da navegação e adaptar a qualidade das imagens para resolução agradável em um tablet de 13 polegadas. Isso garante menos peso da sua página, e boa resolução em diversos dispositivos mobile. 

No caso de ação de abandono de carrinho, aproveite para avisar ao cliente que ele está saindo da página de Check Out de uma maneira suave e interativa. O overlay de abandono ajuda muito a reverter futuramente a taxa de abandono, justamente por perguntar ao cliente os motivos da desistência no exato momento da compra. 

Assim fica claro que um e-commerce sem adaptação responsiva e sem o uso de estratégias interativas, aumenta e muito a taxa de abandono de carrinho, sendo um grande fator interno para essa perda de conversões. 

 Dica 2. Transparência e facilidades no processo de Check Out. 

Ofereça soluções de pagamento para todos, é fundamental investir em ferramentas e integrações para garantir o Check Out simplificado. Oferecendo pagamento em um clique para os clientes que já fizeram uma compra no seu e-commerce, e Check Out transparente, mantendo a finalização da compra na mesma página, pois novas abas durante o processo de pagamento, afetam na credibilidade do seu e-commerce.

Agora que você já sabe da importância de uma adaptação 100% responsiva para o seu e-commerce, vamos aprofundar e olhar com atenção o processo de Check Out. Nessa etapa, é importante fornecer todas as informações sobre a sua empresa, resumo do pedido com miniatura dos itens adicionados no carrinho, selos de segurança, certificado SSL e formas de pagamento disponíveis. 

Aproveite para adicionar um link de fácil acesso ao FAQ, com as perguntas mais frequentes referente a política de devolução, trocas, canais de atendimento e algumas avaliações positivas do produto. Esse conjunto de ações irá melhorar a reputação desse produto e garantir maior segurança para compra no seu e-commerce.   

Outro ponto chave para facilitar a etapa de Check Out para aproveitar as compras por impulso, é evitar a quantidade de etapas e burocracia no processo de finalização de compra. A nova jornada de compra é omnichannel/ multicanal, o consumidor começa a pesquisa em um canal,inicia o processo de pagamento mobile ou desktop, e pode até finalizar o pagamento na loja física. Justamente por isso, os meios de pagamento não podem estar isolados, oferecendo solução de pagamento em todos os canais sem burocracia. 

É fundamental investir em ferramentas e integrações para garantir o Check Out simplificado. Oferecendo pagamento em um clique para os clientes que já fizeram uma compra no seu e-commerce, e Check Out transparente, mantendo a finalização da compra na mesma página, pois novas abas durante o processo de pagamento, afetam na credibilidade do seu e-commerce. 

Ofereça soluções de pagamento para todos. O Mercado Pago mostrou que aceitar até dois meios de pagamento em transacções com maior ticket médio aumentou e muito a quantidade de transações e redução de carrinho abandonado. Investir em diversas opções de bandeiras e parcelamento reduz muito a taxa de carrinho abandonado. 

No caso de pagamento via boleto, além de disponibilizar o pdf para download, disponibilize o código de barras para que seja copiado com facilidade. Outro fator importante, é manter os itens do carrinho salvos, servindo de lembrete para os seus clientes e dados muito valiosos para suas campanhas de e-mail e remarketing e retargeting no google. 

Dica 3. Remarketing + Disparos de e-mail para uma boa relação 

É fundamental ter presença e usar disparos de e-mail para transformar o carrinho abandonado em valor. E vale lembrar, não são apenas base de leads e contas de e-mail, estamos falando com pessoas! Aposte em fluxos de automação para disparos de e-mail, além da criação de réguas personalizadas.

O remarketing por disparos de e-mail de fato gera muito resultado e desperta a curiosidade e interesse das pessoas, afinal é o seu canal direto com os clientes. Mesmo com a grande concorrência direta e indireta, além de muito spam em disparos de e-mail, é fundamental ter presença e usar esse canal para transformar o carrinho abandonado em valor. E vale lembrar, não são apenas base de leads e contas de e-mail, estamos falando com pessoas!

O primeiro passo é investir em uma ferramenta de CRM robusta, que possibilite fluxos de automação para disparos de e-mail, além da criação de réguas personalizadas. Uma boa integração com o e-commerce garante disparos com resumo do carrinho criado, lembrete para finalização de compra e reforço para finalização, caso o carrinho seja abandonado. Vale lembrar que esses primeiros disparos transacionais e de lembrete devem ser feitos em um curto espaço de tempo, pois esse lead está muito quente para realizar a conversão. 

Se o carrinho foi abandonado, após um dia é válido enviar um e-mail com os diferenciais do produto com avaliações positivas das últimas compras, você também pode disponibilizar um link externo com vídeo de review do produto ou serviço, fornecendo ainda mais informações para despertar o desejo nessa pessoa. 

A conversão ainda não foi feita? Sendo resultado de um motivo interno ou externo, esse é o momento para apelar no preço e facilidades de pagamento. Lembre-se de efetuar esse disparo de e-mail promocional após um tempo e próximo à datas de pagamento e sazonalidades. Esse tempo até o disparo de e-mail promocional é importante para que a pessoa não se sinta lesada, pelo contrário, é importante mostrar que se essa pessoa se manter ativa na sua base de leads, ela só irá receber benefícios em primeira mão. 

Então aproveite a segmentação e clusterização para criar réguas de disparo por e-mail com divulgação dos produtos relacionados, promoções exclusivas, facilidades de pagamento e novidades do produto ou serviço que foi abandonado no carrinho. Mas fique atento, exagerar em disparos promocionais e apelativos apenas com grades de produtos é cansativo. Por isso é muito importante adicionar disparos apenas com conteúdos de nutrição sobre os produtos, avaliacões, curiosidades e demais temas relacionados ao seu negócio, isso garante que você mantenha a sua base de leads ativa até o próximo disparo promocional ou com grade de produtos. 

Não perca o foco! Para carrinhos abandonados com ticket médio maior, a conversão pode demorar mais que o normal, mas mantendo a sua base de mailing ativa, engajada e nutridos com as informações mais interessantes sobre o produto, logo mais a conversão irá acontecer. 

Dica 4. Retargeting com anúncios otimizados

Para usar a estratégia de retargeting, o primeiro passo é instalar um cookie no seu e-commerce, isso garante a captura segura dos dados dos seus usuários. Caso o lead abandone o carrinho, você irá localizar essa pessoa e conseguir fazer campanhas de Google Ads e Facebook Ads usando a rede de display, esses anúncios serão direcionados para lembrar sobre a compra não finalizada e reforço com diferenciais do produto.

Agora que você já sabe que o remarketing é a estratégia usada para se comunicar com leads que já estão na sua base de mailing por e-mail, vamos ao retargeting! O retargeting é aplicado através da criação de anúncios em rede de pesquisa ou rede de display para impactar usuários que já tiveram contato com o seu site (on-site), ou que tiveram contato com as suas redes sociais e outros canais de divulgação (off-site). 

Para usar a estratégia de retargeting, o primeiro passo é instalar um cookie no seu e-commerce, isso garante a captura segura dos dados dos seus usuários. Caso o lead abandone o carrinho, você irá localizar essa pessoa e conseguir fazer campanhas de Google Ads e Facebook Ads usando a rede de display, esses anúncios serão direcionados para lembrar sobre a compra não finalizada e reforço com diferenciais do produto.  

Para reduzir a taxa de abandono de carrinho e o CAC (Custo por aquisição de cliente), aproveite os dados fornecidos pelo cookie instalado para criar anúncios segmentados e clusterizados por comportamento de navegação. 

Mas lembre-se de evitar o excesso de tempo que as suas campanhas de remarketing ficam ativas, pois mandar muitos e-mails sobre determinado produto junto aos anúncios de retargeting pode gerar cansaço e raiva pela sua marca. Por isso permita que um usuário seja impactado no máximo 9 vezes por anúncios e campanhas do mesmo produto ou serviço. 

Dica 5. Cuidado com o frete

Para finalizar, um dos grandes vilões que aumentam a taxa de carrinho abandonado é o preço do frete, principalmente se o ticket médio é mais baixo, esteja atento aos parceiros de logística, qualidade das embalagens de entrega e prazos. Em uma competição agressiva entre produtos e serviços com preços semelhantes, um frete mais barato sempre vai gerar maiores conversões e menor abandono de carrinho.

Dicas da ClaraVista

1 – Ative o Dark Mode no seu e-commerce! Como evolução da tecnologia Night Shift, que ajusta o nível do brilho e reduz o branco nos smartphones e notebooks, o Dark Mode pode substituir o fundo branco do seu e-commerce ou site para preto, tornando a navegação mais agradável principalmente à noite. 

2 – Possibilitar a criação do carrinho e lista de desejos com criação parcial do perfil, aceitando e-mail e nome, ajuda não só na captação de leads, como no aumento de tráfego e agilidade no Check Out, pois os dados iniciais já estarão preenchidos. 

3 – Antes de colocar o seu time comercial em ação por ligação para entender os motivos do abandono do carrinho, tente outros meios de comunicação digitais de maneira personalizada usando outro remetente.  

Agora que você já sabe como reduzir a taxa do abandono de carrinhos e aumentar a receita do seu e-commerce, veja aqui como manter o aumento constante de visitantes no seu e-commerce ou site e aumentar o LTV “Life Time Value” dos seus clientes.