O que a nova LGPD muda na captação de dados de empresas com presença online?

Não é de hoje que a proteção de dados pessoais é discutida como algo importante para a relação entre cliente e empresa. De qualquer modo, a implementação de novas regras para o uso de informações pessoais, seja em ambiente físico ou online, ainda é uma pulga atrás da orelha para o universo empresarial e é preciso estar atento para garantir a melhor gestão desses elementos, evitando assim, prejuízos para a sua instituição.

No último dia 26/08/2020, foi aprovada pelo Senado Federal, a vigência da nova LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados/ nº13.790) que tem como objetivo garantir a segurança de dados pessoais de pessoas brasileiras, incluindo os recolhidos pela internet.

O que isso quer dizer?

Se a sua empresa faz a captura de dados do usuário durante a navegação em seu site ou e-commerce, é importante ficar atento para cumprir com todas as obrigações previstas em lei e evitar prejuízos expressivos ao seu negócio. A resposta inicial de empresários a essa aprovação foi negativa, tendo em vista o investimento necessário para colocar em prática as exigências do Governo. 

Lembrando que, mesmo com esse novo regime em andamento, garantir uma base de dados consistente e sempre atualizada com informações pertinentes dos seus clientes é de extrema importância para trazer melhores resultados ao seu time comercial e, consequentemente, melhorar os números da empresa.

Mais sobre a nova legislação

A LGPD foi criada em 2018 com previsão de vigência para dia 14 de agosto deste ano, porém, devido a MP emitida pelo presidente Jair Bolsonaro, foi sugerido o adiamento da vigência para maio de 2021, tendo como justificativa a falta de tempo para a adaptação da sociedade a essa nova legislação em frente ao cenário pandêmico decorrente do coronavírus. O adiamento foi derrubado e a lei entrará em vigor após a sanção ou veto dos demais regulamentos da MP.

Mesmo com a aprovação da nova lei, a punição – multa de até 2% do faturamento da empresa – não valerá neste primeiro momento, pois foram adiadas para agosto do próximo ano, de acordo com a lei nº 14.010. 

O mais importante, mas que ainda não foi aprovado pelo Governo, é a implantação da ANPD (Agência Nacional de Proteção de Dados), que atuará como peça fundamental para o bom funcionamento da LGPD. A criação do órgão foi aprovada em 2018, mas ainda não foi implementada pelo governo Federal.

Como adaptar a sua empresa a esse novo cenário?

O melhor, neste momento, é investir em serviços e tecnologias líderes em Marketing de Dados que garantam o recolhimento de informações seguras de acordo com o objetivo do seu negócio e, é claro, dentro do novo cenário legislativo.

A ClaraVista é uma ferramenta que captura dados, em tempo real, durante a navegação dos usuários em seu site ou e-commerce com a finalidade de aprimorar a relação entre o agente e o cliente. Dessa forma, a clusterização de audiências torna-se mais assertiva, os perfis dos consumidores são enriquecidos com informações off-line e as ferramentas de marketing, vendas e CRM são abastecidas com todo a trajetória do cliente em seu site.

Vale lembrar, que o grande pilar dessa nova lei é a transparência, por isso, é preciso garantir a atualização da política de uso de informações de usuários em seus sites, identificar quais dos seus clientes estão em lista Opt In ou Opt Out e informá-los que seus dados de navegação via cookie, são associados aos seus dados de contato, como por exemplo, o e-mail.

Aos parceiros ClaraVista, ressaltamos que todas as informações pessoais, assim como banco de dados e repositórios, são criptografados no momento da captura, garantindo a segurança e a privacidade das informações. Os dados que são recolhidos e processados por nossas aplicações são autorizados pelos titulares e tem objetivo único, definido contratualmente, ou seja, nunca serão utilizados para outros fins sem a permissão dos proprietários. Além disso, as informações captadas por nossas aplicações estão sempre disponíveis aos envolvidos para consulta.

Gostou do conteúdo? Leia também o nosso post sobre Como fazer a captura de dados de usuários em um site com segurança aqui!

Facebook Comentários
Categorias: Sem categoria
Etiquetas: